Pesquisar no site


Contato

Secretaria Paroquial
QNM 29 Módulo K
Cep: 72215-290
Ceilândia Sul - DF
facebook oficial: https://www.facebook.com/paroquia.santoantonio.503/?ref=hl

Fone (fax): (61) 3373-3218
Celular: (61)

E-mail: psantonio.ceilandia@gmail.com

Arquidiocese de Brasília realiza Missa pelo dia de Dom Bosco

26/01/2016 22:53

Arquidiocese de Brasilia - No dia 31 

de janeiro a Igreja celebra o dia

de São João Bosco, co-padroeiro

 de Brasília. Dom Bosco tem um

 significado muito importante 

para a historia e construção da

 cidade, relação construída por

meio do famoso sonho sobre

 “a terra prometida”.

Em 1883, o santo teve o sonho

que ficou conhecido como a

 profecia de Brasília.

Dom Bosco comentou o acontecido em uma reunião da Assembleia Geral da

Congregação dos Salesianos no mesmo ano.

Na visão, ele estava em uma sala que representava a América do Sul.

Havia, no meio daquele salão, uma mesa, sobre a qual estava enrolada 

uma corda. Vi que essa corda estava marcada com linhas e números,

 como se fosse uma fita métrica. Percebi, mais tarde, que aquele salão

 estava situado na América do Sul, exatamente por sobre a linha do Equador

correspondendo os números impressos na corda aos graus geográficos 

de latitude.Entre os Andes e o Oceano Atlântico viu algo peculiar: 

Mas não era tudo. Entre o grau 15 e 20, havia uma enseada bastante extensa,

que partia do ponto onde se formava um lago. Disse então uma voz repetidamente:

 quando se vierem cavar as minas escondidas em meio a estes montes, 

aparecerá aqui a terra prometida, que jorra leite e mel. Será uma riqueza 

inconcebível.

No sonho, Dom Bosco perguntou quando isto aconteceria. “Isto acontecerá 

antes que passe a segunda geração (...) A presente não se conta. Será uma 

outra, depois outra”, foi a resposta. A geração do sonho se situava próxima

à década de 1940. No mesmo ano do sonho de Dom Bosco, os salesianos

entraram no Brasil.

“Dai-me almas, ficai com o resto” 

Dom João Bosco também é conhecido por sua dedicação aos jovens,

serenidade e profundo amor a Deus e a Igreja.

Em 1988, São João Paulo II, o Papa dos jovens, proclamou Dom Bosco

pai e mestre da juventude. Este título faz jus à vida que João Bosco, com o

testemunho da mãe, dedicou desde a infância ao anúncio da fé e da caridade.

Por meios criativos de evangelização ele se valia de brincadeiras para aproximar 

outros meninos a Deus.

“Dai-me almas, ficai com o resto” foi o lema escolhido pelo santo para a ordenação

sacerdotal em 1841. Foi o criador dos oratórios, catequeses e orientações 

profissionais voltados para os jovens. Era um homem voltado para o céu e, 

por isso, enraizado com o sofrimento humano, especialmente dos jovens.

Grande devoto da Santíssima Virgem Auxiliadora, foi um homem de trabalho

e oração. Exemplo para os jovens foi pai e mestre. Fundou a Congregação

 dos Salesianos dedicada à proteção de São Francisco de Sales, em 1859.  

Hoje, a Família Salesiana se espalha, com 30 grupos e congregações, pelos

cinco continentes. No Brasil, existem 110 unidades da Rede Salesiana

de Escolas, que cumulam cerca de 100 obras sociais. A congregação 

também administra faculdades e centros universitários.

Dom Bosco morreu em 31 de janeiro de 1888.

Comemorações

A Arquidiocese de Brasília realizará uma Missa Solene, no próximo 

domingo (31) dia de Dom Bosco. Será na Catedral Metropolitana de

Brasília, às 10h30, presidida por Dom Sergio da Rocha, Arcebispo

de Brasília e contará, de modo especial, com a presença de paroquianos

das Paróquias Dom Bosco, na Asa Sul, e São João Bosco, no Núcleo 

Bandeirante, assim como de fiéis de toda a Arquidiocese.

A missa dominical das 10h30, na Catedral, é sempre a “missa dos peregrinos”

por conta do Ano Santo da Misericórdia. Por isso, espera-se uma 

participação ainda maior dos fiéis nessa celebração.

Participe!

 

Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida

Esplanada dos Ministérios

Informações: 3224-4073

 

Dácono Valney