Pesquisar no site


Contato

Secretaria Paroquial
QNM 29 Módulo K
Cep: 72215-290
Ceilândia Sul - DF
facebook oficial: https://www.facebook.com/paroquia.santoantonio.503/?ref=hl

Fone (fax): (61) 3373-3218
Celular: (61)

E-mail: psantonio.ceilandia@gmail.com

Jovem brasileiro recebe carta do Papa Francisco

06/01/2015 17:42

Arquidiocese de Brasília.

Uma benção de Natal. Assim, Murilo Medeiros define o presente que chegou em suas mãos um dia após a festividade natalina. Ele recebeu na última semana algo que já havia perdido as esperanças: uma carta do Papa Francisco.

A correspondência especial veio pouco mais de um ano depois que o jovem de Pescaria Brava (SC) entregou sua carta ao Papa, em mãos, durante a Jornada Mundial da Juventude, ocorrida em 2013, no Rio de Janeiro.

Voluntário durante o evento católico que voltou os olhos do mundo para o Brasil, Murilo conta que antes de sair de Pescaria Brava, escreveu a carta. “Tinha fé que conseguiria estar com o Papa, por isso resolvi escrever e levei a carta comigo para o Rio. Assim que tivemos uma oportunidade, fiz a entrega do que havia escrito ao Papa, diretamente em suas mãos”, relembra o jornalista e coordenador do setor de juventude da Diocese de Tubarão.

Na carta, conforme Murilo, ele escreveu um pouco sobre sua trajetória de vida, além de seu trabalho com os jovens que realiza na Diocese. “Foi uma carta simples, mas que tinha a esperança de que fosse lida pelo Papa”, fala Murilo. Com o passar do tempo, ele foi perdendo a esperança de que sua correspondência fosse lida.

No entanto, em março deste ano, a tão sonhada resposta do pontífice chegou. “A carta veio endereçada para Laguna. Como não vou tanto à cidade, a correspondência acabou voltando ao seu destino de origem”, destaca o jovem de Pescaria Brava.

Porém, a surpresa chegou na semana no Natal. Endereçada ao bispo de Tubarão (SC), Dom Francisco, a carta chegou à Cidade Azul endereçada a Murilo. “Esse tipo de carta chega aos bispos apenas quando vem endereçada de Roma. O bispo até achou que era uma transferência, mas como veio em meu nome, me ligaram e fui ver do que se tratava”, fala Murilo.

 

Resposta

Na carta, conforme Murilo, o Papa fala de sua alegria quando esteve no Brasil, sobre a vida do jovem descrita nas palavras levadas até o pontífice, além de conter algo especial. “Ele me deixou a benção apostólica. Sei que para alguns pode não ser nada, mas para mim é algo especial. Vou guardar a carta em um quadro”, fala o jovem. “Fico imensamente feliz e emocionado com a simplicidade e com o amor que o Papa tem com os seus e pelas palavras escritas naquele material. Obrigado, Francisco! Rezo por ti!”, diz Murilo.