Pesquisar no site


Contato

Secretaria Paroquial
QNM 29 Módulo K
Cep: 72215-290
Ceilândia Sul - DF
facebook oficial: https://www.facebook.com/paroquia.santoantonio.503/?ref=hl

Fone (fax): (61) 3373-3218
Celular: (61)

E-mail: psantonio.ceilandia@gmail.com

Papa dedica Catequese a Tríduo Pascal

01/04/2015 17:27

Arquidiocese de Brasília.

Nesta quarta-feira, (01), o Papa Francisco dedicou sua catequese ao Tríduo Pascal, que é celebrado na Quinta-feira Santa, Sexta-feira Santa e Sábado Santo.

O Santo Padre começou recordando a Quinta-feira Santa, quando Jesus celebrou a Última Ceia quando na véspera de sua paixão. É nesta celebração que se realiza o gesto de lava pés, e onde segundo o Papa, “Jesus exprime o sentido da sua vida e da sua paixão, aquele do serviço a Deus e aos irmãos: “O Filho do homem, de fato, não veio para ser servido, mas para servir” (Mc 10, 45).”

O Pontífice disse ainda que o gesto de lavar os pés dos irmão que nos aproxima da Eucaristia. ” Se nos aproximamos da santa Comunhão sem estarmos sinceramente dispostos a lavarmos os pés uns dos outros, não reconhecemos o Corpo do Senhor. É o serviço de Jesus que doa a si mesmo, totalmente.”

Em seguida Francisco falou da Sexta-feira Santa dizendo que é dia de meditar e adorar a Santa Cruz. E continuou dizendo que neste santo dia todas as Escrituras se encontram no ato de amor de Cristo. “Nos últimos instantes de vida, antes de entregar o espírito ao Pai, Jesus disse: “Está consumado!” (Jo 19, 30). O que significa esta palavra? Significa que a obra da salvação está cumprida, que todas as Escrituras encontram seu cumprimento no amor de Cristo, Cordeiro imolado. Jesus, com seu Sacrifício, transformou a maior injustiça no maior amor.”

Já sobre o Sábado Santo, Papa Francisco destacou o silêncio, pois a Igreja contempla o “repouso” de Cristo no túmulo após o vitorioso combate da cruz. É um dia de grande identificação com Maria, que permanece sozinha com a chama da fé acesa, esperando a Ressurreição de Jesus, comemorada no Domingo de Páscoa.

“A nossa vida não termina diante da pedra de um sepulcro, a nossa vida vai além com a esperança em Cristo que ressuscitou justamente daquele sepulcro. Como cristãos, somos chamados a ser sentinelas da manhã, que sabem discernir os sinais do Ressuscitado, como fizeram as mulheres e os discípulos reunidos no sepulcro na aurora do primeiro dia da semana.”.

Francisco concluiu a catequese com um convite aos fiéis: “Nesses dias do Tríduo Sagrado, não nos limitemos a celebrar a paixão do Senhor, mas entremos no mistério, façamos nossos os seus sentimentos, as suas atitudes. Assim, a nossa será uma ‘feliz Páscoa’”.

 

Diácono Valney